Tempo, família, amigos e legado pessoal

6 04 2011

Olá amigo leitor
Ca estou novamente para falar sobre coisas que não adicionam em nada a sua vida. E por falar em vida, quantos anos você têm querido e estimado leitor? Eu estou prestes a completar 27 anos e me vejo frente a um dilema… Quantos anos ainda mais eu terei para viver? Não que eu acredite que tenha um destino escrito já que constam os anos que me restam, mas sei que as minhas escolhas atuais acabam alongando ou encurtando a minha vida. Como assim você diz. Eu Explico:
Se eu por exemplo decido pular de paraquedas, sei que estou aumentando consideravelmente o risco de morrer nos próximos minutos, assim como se eu esolher atravessar uma grande avenida quando o farol estiver vermelho para pedestres ou dirigir bebado. E existem também aquelas escolhas que, por menores riscos que apresentem ter, podem ter graves consequências. Por exemplo, eu somente atravesso a rua quando o farol estiver aberto para pedestres mas, e se encontro algum motorista que não respeita o farol? É meu amigo, essa e tantas outras coisas nos fazem pensar que a única certeza da vida é que um dia iremos morrer. Eu sei, também acho que estou um tanto morbido nesse post. Mas faço isso por duas razões:
1 – Estou prestes a fazer aniversário e, diferente dos outros 26 anos, esse ano estou um tanto quanto desanimado por algumas coisas que estão dando errado e que, como consequência, me fazem refletir um pouco;
2 – Percebo que estou ficando velho e que tem tanta coisa que ainda quero fazer, lugares que quero conhecer, livros para ler, músicas para esutar…

Dessa forma deixo uma única dica a você querido leitor. A única certeza que nos temos (como disse acima) é que vamos morrer um dia. E não só você, mas todos a sua volta irão morrer um dia também, isso e fato. Então faça com que esse tempo que você tem seja melhor aproveitado. Aproveite mais suas amizades, faça com que saibam que você se importa com eles e quer estar com eles simplesmente poqrque gosta deles. Bem como sua família, deixe claro pra eles o quão grato é por tudo que já lhe proporcionaram.
Mas acima de tudo, mostre a você mesmo que se importa com seu “eu” interior. Leia mais, estude mais, se divirta mais, cuide de sua saúde, faça mais coisas por você. Afinal a única certeza que temos nesse mundo é que não sairemos dele vivo, mas nosso legado permanecerá para sempre.
Att Eduardo Ferreira

Anúncios

Acções

Information

One response

9 04 2011
danny

21!!

E eu q o diga! Sofri um acidente de carro recentemente e é simplesmente horrível ver toda sua família de colar cervical na ambulância! Pior ainda é ficar esperando aquele monte de exame morrendo de dor!

E o pior pior ainda é saber que pessoas na sua família continuam se preocupando demais com coisas materiais. Vamos viver tudo o que há pra viver! As coisas possuem utilidade finita. Assim como as pessoas um tempo de vida. Em vez de comprar o melhor jogo de panelas, compre um que sirva pra cozinhar e saia com a família! =/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: